Labirinto de Chartres

O Labirinto é um arquétipo, uma marca Divina encontrada em todas as tradições religiosas através do mundo.

 

Ele oferece apenas um caminho a ser trilhado e constitui uma ferramenta que estimula a meditação e remete à experiência da TRANSFORMAÇÃO.

  • Imagem Labirinto de Chartres
  • Imagem Labirinto de Chartres
  • Imagem Labirinto de Chartres
  • Imagem Labirinto de Chartres
  • Imagem Labirinto de Chartres

 

 

Utilizando o caminho que leva ao centro, o buscador pode aquietar sua mente e encontrar a paz e a iluminação no centro de seu próprio ser.

O percurso é intuitivo e o Labirinto reflete ao buscador aquilo que ele precisa descobrir na perspectiva de um novo nível de consciência.

A prática de andar de forma meditativa em Labirintos remonta a época medieval, quando pessoas eram conduzidas aos próprios caminhos espirituais através dos pés: do solo eiras de cada mês no PORTAL MIRABILIS.

 

Os labirintos das catedrais de Chartres e de Sens foram as duas consideradas como “A viagem à Jerusalém”, isso poderia significar uma peregrinação penitencial simbólica para a Cidade Santa que nos mapas medievais figurava como o centro do mundo ; mas a explicação mais lógica é que a Jerusalém em questão não seja a cidade terrestre, mas a Cidade Celeste, descrita no Apocalipse, cuja catedral é ela mesma um símbolo.

 

De maneira que a viagem através do labirinto simboliza nossa viagem aqui, cujo resultado final não é a morte, como na tradição greco-romana, mas num contexto cristão, a vida eterna no paraíso.

Aio centro do labirinto de Chartres se encontrava uma placa de cobre, retirada e fundida durante as guerras napoleônicas. As marcas de metal que fixavam a placa nas pedras são ainda visíveis.  Segundo Charles Challine e outros autores, a placa representava Teseu e o Minotauro. Ao lado deles se encontrava Ariane tendo uma bola de fio graças ao qual, ela livra Teseu do Minotauro.

 

Na catedral de Lucques, na Itália, sobre um dos pilares da entrada, a gente encontra o mesmo labirinto como aquele de Chartres, mas um pouco menor. Ele data do séc. XII e ao lado dele tem uma inscrição latina.

 

Páginas 1 2 

Todos os direitos reservados a Portal Mirabilis - 2014